Segurança e Saúde no Trabalho (SST) 2024

  • Provavelmente continuará sendo uma prioridade para empresas e governos em todo o mundo, especialmente devido à crescente conscientização sobre os direitos dos trabalhadores e a importância do bem-estar no local de trabalho. Confiram algumas tendências e áreas de foco possíveis para a SST em 2024:

    Tecnologia e Inovação 

    Espera-se que avanços tecnológicos, como inteligência artificial, realidade virtual/aumentada e Internet das Coisas (IoT), desempenhem um papel cada vez maior na melhoria da SST. Essas tecnologias podem ser utilizadas para treinamento de segurança, monitoramento de condições de trabalho, previsão de riscos e até mesmo para intervenções em tempo real para evitar acidentes;

    Saúde Mental no Trabalho 

    O reconhecimento da importância da saúde mental no local de trabalho continuará a crescer. Empresas estarão mais focadas em oferecer suporte psicológico aos funcionários, reduzindo o estigma associado à saúde mental e implementando programas de bem-estar abrangentes;

    Ergonomia e Prevenção de Lesões Musculoesqueléticas

    Com o aumento do trabalho remoto e das atividades sedentárias, a ergonomia se tornará uma preocupação ainda maior. Empresas irão investir em soluções ergonômicas para prevenir lesões musculoesqueléticas e promover a saúde postural dos trabalhadores, tanto no escritório quanto em ambientes remotos;

    Envelhecimento da Força de Trabalho

    Em muitos países, a população está envelhecendo, o que significa que as empresas terão que lidar com uma força de trabalho mais madura. Isso pode exigir adaptações no local de trabalho para atender às necessidades de saúde e segurança específicas dos trabalhadores mais velhos;

    Legislação e Conformidade 

    As regulamentações relacionadas à SST continuarão a evoluir, com governos implementando medidas mais rigorosas para garantir a segurança dos trabalhadores. As empresas precisarão estar atentas às mudanças na legislação e garantir a conformidade com os padrões de segurança e saúde ocupacional;

    Resposta a Pandemias e Novos Riscos à Saúde 

    A pandemia de COVID-19 mudou drasticamente a forma como as empresas abordam a saúde e segurança no trabalho. Mesmo após a pandemia, as empresas provavelmente continuarão aprimorando suas políticas e práticas para responder a futuras crises de saúde e garantir a proteção dos trabalhadores;

    A Segurança e Saúde no Trabalho (SST) do ponto de vista contábil é uma área importante dentro das empresas, pois envolve custos significativos que precisam ser registrados e gerenciados adequadamente. Compartilhamos alguns aspectos relevantes. Confira:

    Custos de SST

    As empresas precisam contabilizar os custos relacionados à SST, como despesas com equipamentos de proteção individual (EPIs), treinamentos, exames médicos ocupacionais, implementação de medidas de segurança, entre outros. Esses custos são considerados despesas operacionais e devem ser registrados nos livros contábeis de acordo com os princípios contábeis;

    Provisões para contingências

    Em algumas situações, as empresas podem precisar fazer provisões para contingências relacionadas à SST, como possíveis indenizações por acidentes de trabalho ou doenças ocupacionais. Essas provisões são registradas como passivos contingentes e exigem uma avaliação cuidadosa dos riscos e das obrigações futuras da empresa;

    Seguros de acidentes de trabalho

    Muitas empresas contratam seguros específicos para cobrir os custos decorrentes de acidentes de trabalho. Os prêmios de seguro são registrados como despesas e os benefícios recebidos em caso de sinistro devem ser contabilizados adequadamente;

    Impacto nos resultados financeiros

    Os investidores e outras partes interessadas costumam analisar o desempenho financeiro das empresas, incluindo os custos e investimentos em SST. Uma boa gestão da SST pode resultar em redução de custos com acidentes e doenças ocupacionais, melhorando assim a lucratividade e a reputação da empresa;

    Divulgação de informações

    As empresas também são obrigadas a divulgar informações relacionadas à SST em seus relatórios financeiros, conforme exigido pelas normas contábeis e regulamentações governamentais. Isso inclui a divulgação de políticas de SST, desempenho em segurança, incidentes relevantes e medidas de prevenção adotadas.

     

    Conclusão

    Em suma, a SST em 2024 estará focada em utilizar tecnologias avançadas, promover a saúde mental, prevenir lesões relacionadas ao trabalho, adaptar-se às mudanças demográficas e responder a novos desafios de saúde pública, enquanto garante a conformidade com as regulamentações em constante evolução. Pelo posto de vista Contábil, uma gestão eficaz da SST não apenas protege os funcionários, mas também pode contribuir positivamente para os resultados financeiros e a reputação da empresa.

    Conte com a AndCon para assessorar a sua empresa diante deste e outros desafios do mundo corporativo!

Compartilhe nas redes Sociais

Tem alguma pergunta?

Tem alguma dúvida?

Entre em contato via WhatsApp